Homo Urbanus – Chinatown/SP

Este trabalho foi realizado na região da Rua 25 de março em São Paulo – Capital.

Nessa região a aglomeração de pessoas e a diversidade de culturas são muito grandes.

Um aspecto, no entanto, chamou a minha atenção, a quantidade de comerciantes de origem chinesa e seus descendentes que se concentram nessa região, que até poucos anos  possuía como tradição a concentração de comerciantes imigrantes do oriente médio.

A etnia chinesa concentra-se principalmente nos shoppings da região. Passei alguns dias observando o comportamento dessa etnia local. Percebi que a vida desse povo trabalhador se concentra dentro dos shoppings, entre muitas caixas de papelão made in China, sendo que nesse ambiente fechado, perigoso (em razão de excesso de pessoas e incêndios), um tanto insalubre e com superlotação constante, eles passam seus dias. Na verdade temos nesses shoppings, algumas “pequenas Chinas”.

Conclui que talvez tivesse um resultado interessante fotografar alguns detalhes desse comércio e dessa cultura. Eu não queria fotos posadas, queria verdadeiros flagrantes, onde poderia mostrar melhor os detalhes desse breve estudo antropológico.

Nesse trabalho também está demonstrada a ausência de sol em um shopping, além do confuso excesso que permeia em toda a região da 25 de março. Em razão disso os tons escolhidos são de tonalidade fria, pessoas e ambiente rodam e se misturam, demonstrando ao observador o que se sente ao entrar nesses locais de compras rápidas e muita aglomeração de coisas e pessoas.